Acesso Restrito a Associados:

Busca no site:
Compartilhe
Notícias

Instituto Butantan deverá começar a produzir vacina contra HPV em 2020

Data: 04/09/2015

O Instituto Butantan, em São Paulo, deverá começar a produzir a vacina contra o HPV em 2020. Segundo o diretor do laboratório especial de ensaios clínicos e farmacovigilância do Instituto Butantan, Alexander Precioso, durante cinco anos, será feito o processo de transferência de tecnologia de um laboratório internacional para o Brasil, por meio de uma PDP (Parceria de Desenvolvimento Produtivo).


“A produção nacional trará uma economia de U$ 200 milhões de dólares (cerca de R$ 740 mil) e vai garantir o fornecimento da vacina sem interrupção à população.”


Em março desse ano, a Anvisa aprovou o registro da vacina quadrivalente contra o HPV, do Butantan. É o primeiro laboratório nacional a obter registro para essa vacina, que protege contra os quatro subtipos do vírus HPV (6, 11, 16 e 18), principais responsáveis do câncer de colo de útero e verrugas genitais.


“A produção nacional vai garantir sem interrupção o fornecimento da vacina. Além disso, o custo será muito menor.”


Segundo Precioso, a fábrica terá capacidade de fazer 30 milhões de doses por ano. Hoje, a demanda é de 10 milhões por ano, de acordo com Carla Domingues, coordenadora geral do PNI (Programa Nacional de Imunizações).


“Com a produção nacional, é possível aumentar o público-alvo e até mesmo exportar a vacina.”


Todas as etapas de transferência de tecnologia custarão R$ 300 milhões. O custo será divido entre governo federal, governo estadual de São Paulo e o Instituto Butantan.


 

(Fonte: R7 – 03/09/2015)



Enquete

Associados

ipd-farma
Av. Churchill, 129, Grupo 1101 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-050
Tel: (21) 3077-0800 - Fax: 3077-0812