Acesso Restrito a Associados:

Busca no site:
Compartilhe
Notícias

Plantas da Amazônia são pesquisadas por laboratório para combater malária

Data: 28/04/2015

Os pesquisadores do Laboratório de Princípios Ativos da Amazônia (Lapaam) dispõem de em torno de seis substâncias isoladas bem caracterizadas, extraídas de plantas da Amazônia brasileira, capazes de matar os parasitas da malária. Entre as mais promissoras está o 4-nerolidilcatecol (4-NC), uma planta medicinal popularmente conhecida como caapeba-do-norte ou pariparoba, cujo chá é utilizado no tratamento da doença, dificuldades de digestão, infecções no sistema urinário, febre e picadas de inseto.

 

A informação é do farmacêutico Luiz Francisco Rocha, responsável pela área de farmacologia do Lapaam. Ele conta que, desde 2000, o professor e pesquisador Adrian Martin Pohlit, coordenador do laboratório, se propôs a estudar as plantas que os moradores utilizavam contra a malária. Das cerca de 40 espécies encontradas, 15 substâncias bioativas foram isoladas e seus efeitos são pesquisados.

 

“Selecionado um grupo de plantas, foram preparados extratos vegetais, analisados quimicamente, e depois fizemos estudos farmacológicos. Porque uma coisa é a população utilizar e dizer que é eficaz, e outra é isolar o princípio ativo e mostrar que tem atividade. Nós conseguimos isso”, disse Rocha.

 

Segundo Rocha, não é possível precisar quando o medicamento estará disponível, porque depende do interesse da indústria farmacêutica, mas várias etapas importantes já foram cumpridas. “Para o desenvolvimento de drogas, é necessário testar in vitro nos parasitas, depois em animais, analisamos a toxidade, e todos esses testes já foram feitos. A substância não é tóxica para as pessoas, só mata o parasita”, explicou.


A malária é uma doença infecciosa febril aguda, causada por protozoários parasitas transmitidos pela fêmea infectada do mosquito Anopheles e apresenta cura se for tratada de forma correta e a tempo. A doença pode evoluir para a forma grave e até matar.

 

 

(Fonte: Agência Gestão CT&I, com informações da Agência Brasil – 27/04/2015)



Enquete

Associados

ipd-farma
Av. Churchill, 129, Grupo 1101 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-050
Tel: (21) 3077-0800 - Fax: 3077-0812