Acesso Restrito a Associados:

Busca no site:
Compartilhe
Notícias

Para ministro, Núcleo de Pesquisas de Medicamentos beneficia pesquisa, população e produção nacional

Data: 04/02/2015

O ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aldo Rebelo, ressaltou na última segunda-feira (02/02) a importância do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento de Medicamentos da Universidade Federal do Ceará (NPDM/UFC) para o crescimento da produção nacional de fármacos, para a saúde da população e para o desenvolvimento da economia brasileira.


"O núcleo é uma experiência única e pioneira de desenvolvimento de medicamentos. É uma trincheira em defesa da saúde pública do Brasil e uma importante contribuição na busca de descobertas que levam à cura e à prevenção de doenças da nossa população", disse, durante a inauguração do NPDM, ocorrida nesta manhã, em Fortaleza.


De acordo com o ministro, a nova unidade tem excelência científica e um corpo sólido de pesquisadores, o que irá ajudar o País no processo de desenvolvimento de fármacos. Aldo ressaltou, ainda, que o núcleo também contribui para a defesa da economia nacional, uma vez que "o Brasil hoje despende anualmente entre US$ 9 e 10 bilhões na importação de medicamentos, fármacos e matérias-primas para a produção de medicamentos".


A avaliação é compartilhada pelo coordenador do NPDM, Odorico Moraes, para quem, o núcleo é uma estratégia do Governo Federal de fortalecer e incentivar "uma indústria inovadora, que vai absorver tecnologia, reduzir a dependência externa do País no setor de fármacos, além de consolidar o polo farmacêutico no Ceará".


Moraes informou que a Unidade de Farmacologia Clínica da UFC foi a primeira no Brasil na realização de pesquisas de biodisponibilidade com medicamentos. "Nossos estudos nessa área foram responsáveis pelo registro de mais de 150 medicamentos genéricos no País. Os ensaios clínicos com fitoterápicos permitiram o registro de 32 medicamentos", contou. "Por outro lado, as pesquisas farmacológicas não clínicas dos nossos professores completam a cadeia necessária para atender à demanda da cadeia da indústria farmacêutica brasileira".


Para o reitor da UFC, Jesualdo Farias, a nova estrutura é a resposta da universidade pública "aos desafios urgentes colocados pelo mercado de medicamentos brasileiro, ainda dependente de produtos e matérias-primas importados".


O evento contou com a presença de professores, pesquisadores e membros da comunidade científica, além de autoridades locais e do ex-senador Inácio Arruda, que nesta tarde tomou posse como secretário da Ciência, Tecnologia e Educação Superior do Ceará. Em seguida à inauguração, eles participaram da cerimônia de descerramento da placa do núcleo.

 

Sobre o NPDM

 

A unidade inaugurada hoje é fruto de um projeto desenvolvido ao longo de uma década, e que conta com o investimento de R$ 17 milhões dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Saúde (MS) e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).


O núcleo tem uma estrutura de 10 mil metros quadrados e abrigará 28 laboratórios para pesquisas toxicológicas e farmacológicas, uma estrutura hospitalar com 64 leitos para testes de novos medicamentos e 14 ambulatórios. Além disso, terá um biotério, que deve ser inaugurado em junho deste ano.

 

Polo Tecnológico

 

Após a cerimônia, Aldo seguiu para o município de São Gonçalo do Amarante, na Grande Fortaleza, onde participou do lançamento da pedra fundamental do Polo Tecnológico/Cidade Inteligente São Gonçalo.


O ministro foi recebido pelo prefeito Claudio Pinho (PSB), que fez uma apresentação do projeto, acompanhado de prefeitos de regiões próximas, secretários municipais, vereadores, empresários e investidores do polo, além do novo secretário Inácio Arruda.


Para o ministro, o polo tecnológico constitui uma rede de ações confiada aos municípios e com grande interesse para o Governo Federal. "Essas iniciativas contribuem para a inovação no Brasil e para a inserção do País na economia mundial do conhecimento, da inovação e da tecnologia", disse, ao destacar o interesse do MCTI em continuar incentivando os polos tecnológicos.


A prefeitura também concebeu e apresentou o projeto de Cidade Inteligente (smart city), a ser instalado no distrito de Croatá, próximo ao polo de São Gonçalo do Amarante. O município já abriga o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (Cipp).


 

(Fonte: MCTI – 03/02/2015)



Enquete

Associados

ipd-farma
Av. Churchill, 129, Grupo 1101 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-050
Tel: (21) 3077-0800 - Fax: 3077-0812