Acesso Restrito a Associados:

Busca no site:
Compartilhe
Notícias

Projeto segue para aprovação de Conselho

Data: 06/11/2014

O Polo Industrial e Tecnológico da Saúde do Ceará está mais próximo de virar realidade. Previsto para ser instalado nas proximidades da Lagoa da Precabura, no Eusébio, o projeto teve o Estudo de Impacto Ambiental debatido nesta quarta-feira (05/11) em audiência pública, na Escola de Educação Profissional daquele município. Agora, o projeto segue para a aprovação do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Coema) e, em seguida, é emitida a licença prévia pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

 

Enquanto isso, a Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra) trabalha no processo licitatório das obras de infraestrutura do projeto, cujo certame está previsto para ser lançado no dia 9 de dezembro.

 

De acordo com Jeanete Koch, técnica da empresa Proema, que elaborou o Estudo de Impacto Ambiental do empreendimento, a implantação seguirá uma ocupação ordenada, com plano de saneamento e estrutura viária. "Existe uma relação de parceria com o Município, com segurança na prevenção de acidentes e proteção ao meio ambiente".

 

Segundo Jeanete, haverá planos de monitoramento ambiental, com a recuperação de áreas possivelmente degradadas, o controle de drenagem e erosão na região, além de um programa de preservação de recursos hídricos. A arquitetura do equipamento prevê a reutilização da água e a preservação do bioma característico do seu entorno.

 

Para o diretor de Infraestrutura da Agência do Desenvolvimento do Ceará (Adece), Eduardo Neves, o polo permitirá a interação com entidades educacionais, como escolas profissionalizantes e universidades, para a inserção de recursos humanos qualificados no município. "A ideia é atrair empresas que estejam ligadas ao setor de pesquisa e desenvolvimento, empregando mão de obra capacitada", diz.


Celeridade

 

Para dar celeridade à implantação, a Seinfra já está encaminhando parte das obras estruturais, como a adequação do sistema viário. Conforme a Seinfra, o empreendimento contempla, também, sistema de fornecimento de água, energia elétrica, drenagem e telefonia.

 

Na visão de Eilson Gurgel, secretário de Desenvolvimento Econômico de Eusébio, a Prefeitura tem feito esforço para a desburocratização. "As liberações são feitas sem dificuldade, inclusive, disponibilizando técnicos", comenta.

 

Segundo Beatriz Fialho, presidente do Conselho Político e Estratégico do Bio-Manguinhos, vinculado à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a unidade tecnológica funcionará com as mesmas características da sede, no Rio de Janeiro.

 

Para administrar a implantação, foi criado um Comitê Gestor integrado pelos titulares da Seinfra, da Secretaria da Ciência e Tecnologia do Estado (Secitece), Secretaria da Saúde (Sesa), FioCruz, Prefeitura do Eusébio, Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Saúde, Sindicato das Indústrias Químicas e Farmacêuticas do Estado do Ceará (Sindquímica) e Adece, a quem compete liderança.



(Fonte: Diário do Nordeste – 06/11/2014)



Enquete

Associados

ipd-farma
Av. Churchill, 129, Grupo 1101 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-050
Tel: (21) 3077-0800 - Fax: 3077-0812