Acesso Restrito a Associados:

Busca no site:
Compartilhe
Notícias

Aché ganha prêmio de melhor projeto de rastreabilidade no setor da saúde

Data: 29/11/2019

A Aché recebeu o troféu de melhor projeto de rastreabilidade no setor da saúde durante a 22ª edição do Prêmio Automação, promovido pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, pela implantação da serialização e codificação dos cartuchos de medicamentos produzidos na planta de Guarulhos (SP). Iniciado em 2015 com o objetivo de atender às regulamentações da ANVISA e previamente aplicado em uma linha de produtos em São Paulo, a codificação com o uso do código GS1 DataMatrix pelo Aché é um dos projetos pioneiros no setor da saúde. Em sua 22ª edição, o evento de premiação foi realizado no espaço Tom Brasil.

 

O Aché foi escolhido dentre 38 cases inscritos após a análise de critérios que avaliaram: a aplicação inovadora do código GS1 DataMatrix, os benefícios alcançados com a aplicação da serialização, a relevância do sistema e a aderência ao padrão GS1. Cada item recebeu sua nota e a análise dos dados foi feita por um júri técnico composto por profissionais renomados de diversas entidades, como CIESP, Abrafarma, Sebrae, entre outras. Além do projeto, foi avaliado também o esforço que o Aché tem feito para tornar a lei da rastreabilidade de medicamentos uma realidade no Brasil, investindo recursos e confiança em algo novo para o país desde o início da exigência da ANVISA.

 

A possibilidade do rastreamento dos medicamentos e a adoção de um código único para o Brasil e países do exterior são alguns dos pontos que levaram o Aché a investir neste projeto desde o início. “O código GS1 DataMatrix (bidimensional) traz, em cada embalagem, informações adicionais do produto, como: o código, o lote e a validade, em um espaço menor, de forma simples e objetiva. Com esta leitura, conseguimos acompanhar todo o trajeto do medicamento, o que facilita nosso processo. ”, comenta o diretor industrial do Aché Márcio Freitas.

 

Investimento

Desde o início da adoção do código com a aplicação do projeto em linhas piloto no ano de 2015, o Aché já investiu R$ 23 milhões e a previsão é que sejam destinados cerca de R$ 20 milhões até a implementação em 100% das linhas, o que inclui também as demais unidades fabris: Melcon (Anápolis-GO) e a fábrica da Nortis (Londrina- PR). Atualmente, as fábricas de Guarulhos e das Nações Unidas, ambas em São Paulo, já contam com a tecnologia, assim como a recém-inaugurada planta do Aché em Cabo de Santo Agostinho (PE), que conta com a tecnologia em 100% das linhas.

 

Atualmente, aproximadamente 180 milhões de unidades de medicamentos produzidos pelo Aché já contam com o padrão GS1 DataMatrix.

 

Sobre o Prêmio e Associação Brasileira de Automação (GS1 Brasil)

 

Com 22 anos de existência, o Prêmio Automação, da GS1 Brasil, faz uma homenagem à criatividade e aos esforços das empresas e profissionais brasileiros que acreditam na automação e na padronização para aprimorar a gestão do seu empreendimento, com soluções de automação que aumentam a eficiência e a competitividade no mercado.

 

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, é uma organização multissetorial sem fins lucrativos que representa nacionalmente a GS1 Global. Em todo o mundo, a GS1 é responsável pelo padrão global de identificação de produtos e serviços (Código de Barras e EPC/RFID) e comunicação (EDI e GDSN) na cadeia de suprimentos. Além de estabelecer padrões de identificação de produtos e comunicação, a associação oferece serviços e soluções para as áreas de varejo, saúde, transporte e logística. A organização brasileira tem 58 mil associados. Mais informações em www.gs1br.org.

 

A rastreabilidade de medicamentos

 

Até abril de 2022 todas as indústrias farmacêuticas nacionais devem estar de acordo com a Lei 11.903, que criou o Sistema Nacional de Controle de Medicamentos (SNCM) e exigiu a inclusão da rastreabilidade na cadeia produtiva das empresas.

 

A rastreabilidade realizada pelo SNCM trará benefícios significativos, que vão desde uma maior segurança de pacientes e de profissionais em relação aos medicamentos utilizados, até um maior controle de produção e de logística, além de facilidades de fluxos e manutenção de padrões regulatórios de conformidade, segundo informações da ANVISA.

 

Sobre o Aché Laboratórios Farmacêuticos

Aché é uma empresa 100% brasileira, com 53 anos de atuação no mercado farmacêutico, e tem como propósito levar mais vida às pessoas onde quer que elas estejam. Conta com cinco complexos industriais: Cabo de Santo Agostinho(PE), recém inaugurado; em Guarulhos (SP), em São Paulo (SP), em Londrina (PR), em Anápolis (Melcon do Brasil) e em Valinhos – SP (participação na Bionovis, joint- venture brasileira dedicada à pesquisa e desenvolvimento de medicamentos biotecnológicos). A Companhia emprega 4.900 colaboradores e possui uma das maiores forças de geração de demanda e de vendas do setor farmacêutico no Brasil. Para atender às necessidades dos profissionais da saúde e consumidores, o Aché oferece um portfólio com 320 marcas em 734 apresentações de medicamentos, sendo eles: sob prescrição, genéricos e MIP (isentos de prescrição), além de atuar nos segmentos de dermocosméticos, dermomedicamentos, nutracêuticos, probióticos e biológicos. Os produtos do Aché são desenvolvidos para registro nos mercados mais regulamentados do mundo e estão presentes em mais de 26 países das Américas, África, Ásia e Europa.

 

 

 

(Fonte: Hotel Virtual - 28/11/19)



Enquete

Associados

ipd-farma
Av. Churchill, 129, Grupo 1101 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-050
Tel: (21) 3077-0800 - Fax: 3077-0812