Acesso Restrito a Associados:

Busca no site:
Compartilhe
Notícias

Indústria 4.0 revoluciona cada vez mais o setor farmacêutico

Data: 13/02/2019

A indústria 4.0, ou como muitos chamam, a 4ª Revolução Industrial chega para revolucionar o cenário da indústria como um todo, portanto, a farmacêutica está inclusa. Alguns dos avanços tecnológicos que estão cada vez mais em alta são: computação cognitiva, inteligência artificial e impressão 3D. Estima-se que, em menos de uma década, 21,8% das empresas brasileiras sejam atingidas pela indústria 4.0, segundo pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

 

Os sensores são a base da internet das coisas e da inteligência artificial. Eles têm a função de interligar sistemas em velocidade altíssima, mudam atividades industriais e automatizam tarefas e serviços. As transformações trazidas por essa indústria 4.0 trarão ao mercado inúmeras vantagens, como: aumento de produtividade, redução de custos de produção, maximização da segurança para o paciente e redução de preços de medicamentos.

 

Isso implica em tecnologias integradas, fábricas conectadas e processos inteligentes, com capacidade de subsidiar gestores com informações fundamentais para sua tomada de decisão. O que muitos apontam como a 4ª Revolução Industrial está baseada em algumas tecnologias, confira:

 

• Cloud computing (computação em nuvem): barateamento de custos de serviços de infraestrutura;

• Internet das coisas: redução considerável nos preços dos microcontroladores;

• Computação cognitiva: consiste na comunicação do homem com a máquina;

• Inteligência artificial: plataformas como serviços;

• Impressão 3D: surgimento e barateamento da tecnologia;

• Big Data: capacidade de armazenar e processar dados em streaming.

 

As máquinas, cada vez mais, estarão presentes para que possam tornar a produção do laboratório mais inteligente e eficiente. Sendo assim, ocorrerão aumentos significativos na capacidade produtiva da indústria nos próximos anos. Tudo isso possibilita, também, que erros sejam identificados e solucionados de forma extremamente rápida e assertiva, através dos sistemas que monitoram processos físicos, criam uma replicação virtual e tomam decisões descentralizadas com base nos dados levantados pelos computadores.

 

Os avanços trazidos pela indústria 4.0, depois de implementada, causará impactos importantes na distribuição no varejo farmacêutico, no Brasil. Em alguns lugares do mundo essas evoluções já são realidade, como em Portugal, por exemplo. Em diversas farmácias a dispensa de medicamentos é realizada de maneira automatizada. Essa automação tende a ser cada vez mais comum e permite redução de custos, além de maior controle do estoque e da administração de medicamentos aos pacientes.

 

 

 

(Fonte: Document Management - 13/02/19)



Enquete

Associados

ipd-farma
Av. Churchill, 129, Grupo 1101 – Centro - Rio de Janeiro - RJ - CEP 20020-050
Tel: (21) 3077-0800 - Fax: 3077-0812